EFEITOS V

 
Corrente do Golfo
 

 

1. As correntes de superfície carregam a água quente e salgada dos trópicos.
2. A água fria dos pólos desce ao fundo do oceano.
3. Esta água fria volta ao equador, formando, assim, um ciclo contínuo: dos pólos ao equador a água é fria e pesada, e do equador aos pólos, ela é quente e superficial. Por esse processo, a Corrente do Golfo aquece o norte da Europa.
4. A água proveniente do derretimento do gelo dilui a água quente e salgada vinda dos trópicos.
5. A água se torna menos densa e não afunda rapidamente, prejudicando o ciclo e, conseqüentemente, a Corrente do Golfo.

Mudanças dramáticas de temperatura aconteceram no passado, grande parte delas devido a transformações na maioria das correntes marinhas. Um "ciclo contínuo" do oceano ajuda a transportar calor ao redor do globo pelos movimentos profundos e de superfície da água.  Cientistas estão analisando se o aquecimento global poderia diminuir ou acabar com esse ciclo – um fator considerado de "baixa probabilidade, mas de grande impacto". Isso poderia interromper a maioria das correntes de superfície, movidas pelo vento, como a Corrente do Golfo.

Anúncios
Esse post foi publicado em Clima. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s