Gênesis

 

Uma homenagem às almas femininas

 

Enquanto a mulher existir, haverá vida; enquanto houver vida, haverá amor.

O homem que respeita a mulher, sabe amar; a mulher que respeita o homem, sabe ser mulher.

Quando a mulher chega, qualquer ambiente enche-se de vida.

Seja mulher com orgulho, mas nunca mulher orgulhosa.

Mãos que espancam a mulher, não são mãos: são patas.

A mulher nasceu para ser acariciada até com as nossas palavras.

Sabendo-se que sem a mulher a vida não existiria, é óbvio que toda a humanidade lhe deve reverência.

A mulher é um poema escrito por Deus nas páginas da vida, para ser lido e admirado pelo homem que o sabe ler.

Enfim ninguém sabe dizer o que a mulher é exatamente, pois tudo o que é divino perde-se em mistério.

 
Texto: Sá de Freitas
 
 
 
Anúncios
Esse post foi publicado em Anote. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s